MÓDULO 22 - Introdução ao Elemento Estrutural: Pilar -
Tensão Normal

 

5. Tensão Normal

A tensão normal é a resposta da seção transversal da peça ao esforço normal, permitindo que se faça a medição do quanto ela suporta.

A tensão normal é função de:

N: força normal de tração ou de compressão

A: área da seção transversal

Fórmula

s = N / A

 E  exemplo
Qual a tensão normal para um pilar com as seguintes características:

seção transversal (A): 10 x 50 cm

s = N / A
s = 100 / (10 . 50)
s = 0,20 kN/cm2

   

Tensão normal máxima (smax)

Fórmula

smax = Nmax / A

Onde:

Nmax: força normal máxima a que a peça está sujeita.

A: área da seção transversal na seção de máxima força normal.

O que seria mais importante: a força normal ou a tensão normal?

Esta dúvida pode ser esclarecida através de um exemplo hipotético:

Imagine uma mulher que pesa aproximadamente 700 N.

Primeiramente a mulher pisará sobre a superfície usando um sapato de salto baixo:

A área sob o sapato de salto baixo é de aproximadamente 100 cm2.

smax = Nmax / A
smax = 700 / 100
smax = 7 N/cm2

Depois a mulher pisará sobre a superfície usando um sapato alto:

A área sob o sapato de salto alto é de aproximadamente 60 cm².

smax = Nmax / A
smax = 700 / 60
smax = 11,67 N/cm2

 C  conclusão
O peso da mulher é o mesmo nos dois casos (700 N) mas as tensões são diferentes (salto baixo = 7 N/cm2; salto alto =11,67 N/cm2). Logo, o que interessa são as tensões que variam de um caso para outro.